Resenha: O Inverno das Fadas


Sinopse: Existem pessoas normais em nosso planeta. Homens e mulheres simples que nascem e morrem sem deixar uma marca muito grande ou mesmo significativa na humanidade. Mas existem outros que possuem talentos inexplicáveis. Um brilho próprio capaz de tocar gerações. Como eles conseguem ter esses dons? De onde vem a inspiração para criar trabalho maravilhosos? São cantores com vozes de anjos, artistas com mãos de criadores e escritores imortais. Existe uma explicação para isso. Sophia é uma Leanan Sídhe, uma fada-amante, considerada musa para humanos talentosos. Ela é capaz de seduzir e inspirar um homem a escrever um best-seller ou criar uma canção para se tornar um hit mundial. A fada dá o poder para que a pessoa se torne uma estrela, um verdadeiro ícone, ao mesmo tempo em que se aproveita da energia do escolhido para alimentar-se. Causando loucura. E morte.

          ''Para ele, escrever era passar dias e noites em claro, lutando com as palavras para conseguir montar algo que, um dia, iria modificar a vida de uma pessoa.''

 Bom, uma coisa boa do livro foi que eu nunca tinha lido nada com essa mitologia, fadas e muito menos com esse tipo de fadas, Lenean Sídhes.

 Porém no geral eu achei o livro muito confuso, ao longo da história você acha que o livro é apenas um romance com fantasia e apesar de ter um mistério em torno do que acontecerá no final, não é como se fosse um livro de ação e que pegasse você desprevenido. Porém, nas últimas 50 páginas o leitor é meio que jogado dentro de algo que não tinha nem sido citado antes e de repente aquilo era o ponto alto do livro. A história e a solução do mistério não convencem.
 A autora (que por sinal descobri depois de ter lido ser brasileira) poderia ter explorado muito mais o mundo que criou, enquanto lia eu estava imaginando muitas coisas que poderiam ter acontecido e o grande problema e a solução foram tão simples que me chateou um pouco.
 Talvez se o livro fosse mais curto não teria tanta enrolação e iria direto ao ponto mas mesmo assim muitas coisas teriam que ter sido melhores explicadas.

 Eu também não engoli muito o romance entre William e Sophia, os dois não tinham muita química, mesmo quando estavam afirmando que morreriam um pelo o outro.

Autora: Carolina Munhóz | Editora: Casa da Palavra | 299 páginas | Ano 2012 | Gênero: Ficção\Fantasia

E você já leu? Pretende ler? Deixe um comentário com sua opinião :))

17 comentários:

  1. Eu já li e concordo plenamente com você! Também fiquei meio perdida no que deveria ser o ponto alto da história, até pensei em conferir se havia pulado alguma página porque algumas coisas nunca foram citadas antes e, de repente, são extremamente importantes para a história! Também não me conectei muito ao casal. Foi tudo muito rápido!
    Beijão!

    http://coracaoflutuante.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, eu também pensei que poderia ter pulado alguma coisa mas fui voltando e já tinha lido tudo, haha :))
      Exatamente, tudo muito rápido :/

      Excluir
  2. Aaah livros tem que ter uma história, um propósito, um objetivo. Se for só pra escrever por escrever, sem ter nada a acrescentar (sequer fazer o leitor refletir sobre algo), não tem mesmo como o livro ser bom. =/

    Beijos,
    Livro de Memórias | Fanpage do Blog

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, livros que deixam o leitor confuso não servem pra muita coisa. Se for pra ser mais paradinho que seja aqueles engraçadinhos tipo Querido Diário Otário, daí sim eu curto, haha :B

      Excluir
  3. Poxa, me decepcionei agora. Tinha tantas expectativas em relação a esse livro. Eu tinha a autora no facebook e morria de vontade de lê-la porém tinha um pé atrás pela temática e não pela narrativa. Uma pena ela ter pecado em algo tão simples.

    Beijos,
    Vitamina de Pimenta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, olha eu sou daquela opinião de que todo livro merece uma chance mas sinceramente eu acho bem difícil você gostar, mesmo :/

      Excluir
  4. Eu queria muito ler esse livro. Só que minha irmã começou e abandonou, porque também achou confuso e tudo mais. Então preferi deixar de lado.
    Pelo visto estou certa e fiz uma boa escolha.
    bjs bjs
    formula-amor.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem gente que gostou pelo skoob então ás vezes tem que considerar mas o livro é muito sem sentido D:

      Excluir
  5. Xiii livros confusos não são comigo, hahha já perdi a vontade de ler. hahah

    BeijO :*
    Blog Luanna Ravanelli

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Livros confusos que deixam o leitor confuso, POR QUÊ??
      Beijo :*

      Excluir
  6. Que Poseidon me proteja, oh livrinho ruim! Peguei ele encantada com a capa, mas nas primeiras 10 páginas já quis parar e queimá-lo (só n fiz isso por ter pego na biblioteca). Concordo com sua resenha e com os comentários, escrever só por ter algo publicado, nem escreve. O livro não me agregou nada, acho nem pra própria autora. Livro sem pé nem cabeça D:
    Também fiz uma resenha dele, se quiser ver: http://migre.me/kViSi

    Beijos, Carol
    Aquela Princesa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aconteceu a mesma coisa comigo, haha, cheguei na biblioteca e a capa me chamou. A bibliotecária disse que tinha acabado de chegar e lá fui dar uma chance e ô decepção, sinto que foi tempo perdido sabe?
      Concordei demais com a sua resenha, poderia ter sido em 100 páginas e com um finalzinho melhor ^^

      Excluir
  7. Fadas não fazem a minha cabeça. ;)

    http://meucarpediem.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca tinha lido nada sobre o assunto e curiosa do jeito que sou fui dar uma chance, espero que tenha algum livro de fada aí pra salvar porque esse não rolou, haha ^^

      Excluir
  8. Olá, Bê.
    Confesso que a capa do livro me encheu de vontade de ler, mas a sua rsenha me fez perder totalmente a ansiedade pela leitura. Que pena que não foi uma leitura tão recompensadora. Até mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa capa é de impressionar todo mundo mas não recomendo não, tem muitos outros livros por aí que ocuparão melhor o seu tempo, hehe :))

      Excluir
  9. Olá Betânia!
    Já ouvi muita gente falar bem desse livro, e confesso que essa capa me conquistou de primeira ><
    Mas, após a sua resenha, não estou mais tão empolgada em relação à obra...
    Não gosto de livros que não são capazes de me envolver com os personagens e com a história.
    Mas gostei muito da resenha :D
    Beijos,
    Ana M.
    www.vicioemlivros.com

    ResponderExcluir

Design e Programação por Beauté Store