7 coisas que (quase) ninguém sabe sobre mim

5.5.17

 De vez em quando eu sinto saudade daquela blogsfera antiga, com os glitters caindo da setinha do mouse e o layout que quase te cega de tanto detalhe. Mas principalmente da proximidade que existia entre blogueira/leitor. Aquela coisa de o blog ser um diário mesmo, sabe? Foi em um desses momentos nostalgia que pensei nesse post e selecionei as 7 coisas que ninguém sabe sobre mim - ok, algumas pessoas talvez saibam.

Eu passei para Design Visual mas essa não era minha primeira escolha

 Queria fazer Produção Audiovisual e trabalhar com cinema porém não tem na universidade federal esse curso e a particular custa mais que o meu rim. Vender órgãos não era uma opção então a gente procura outro curso e foi aí que me apaixonei por Design Visual :)

O meu mais novo hobby é bordar 

 Tudo bem que eu ainda estou bordando a primeira peça mas já estou empolgada e querendo bordar meu guarda-roupa inteiro. Eu me apaixonei por essa arte(?) pelo Pinterest. Confira a minha pasta de bordados clicando aqui e depois me diz se tem como não se encantar <3

Sempre tive problema em conversar olhando nos olhos

 Agora eu estou me saindo melhor mas alguns anos atrás eu simplesmente conversava com alguém olhando para a parede, o teto, as mãos, qualquer coisa. É uma sensação como se a pessoa conseguisse enxergar minha alma, apenas com um olhar.

Eu tenho a boca torta

 Isso eu tenho certeza que ninguém sabe porque até eu não sabia. Eu sempre pensei que era assim por causa do aparelho. Mas o aparelho foi embora, meus dentes estão retinhos e a boca continua meio tortinha, hahah Mas no dia-a-dia nem é visível, só em fotos mesmo. Conseguem enxergar ali?


Águas profundas e cair de elevador

 Esses são os meus maiores medos da vida tirando os medos 'sentimentais'. O fato de eu não saber nadar contribui muito para um dos medos, hahah Entrar em um elevador costumava ser difícil pra mim mas com prédios com 13 andares não tem perna que aguente a escada. Logo, o medo foi ficando um pouquinho de lado mas só de pensar em cair de elevador me dá um calafrio.

Eu tenho dois extremos

 O ''super tímida a ponto de não conseguir formular uma frase completa'' e o ''ninguém me segura que é hoje'' E a verdade é que nem eu sei como ligar ou desligar isso, é uma coisa natural.

 Enfim, eu tentei fugir um pouco dos clichês como ''quando eu era criança fiz isso'' e colocar coisas que de verdade, o mínimo de pessoas saibam. Alguns desses só a minha família sabia, hahah E aí, quais são as sete coisas que ninguém - ou quase ninguém - sabe sobre você? Me deixa aqui nos comentários, eu vou adorar saber <3

Você poderá gostar de

17 comentários

  1. Adorei essa TAG, super interessante saber mais de você.
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado do post Felipe :)
      Beijo!

      Excluir
  2. Somos bem parecidas no quesito conversar olhando diretamente nos olhos das pessoas e os dois extremos entre ser ou não ser tímida. Acho que comigo o problema são as pessoas. Mas achei super legal suas 7 coisas, também sinto muita saudade da época em que vivíamos fazendo tags para os leitores nos conhecer melhor. Adorei ler o teu post!

    Um beijo,
    eililian.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma dificuldade que estou superando com o tempo mas ainda é bem complicado...
      Fico feliz que tenha gostado Lilian :)
      Beijo!

      Excluir
  3. Adorei o post, eu faço direito na facul, mas nem sempre foi minha primeira escolha, eu quero mesmo é fazer moda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? O bom é que eu tenho uma amiga que faz curso de moda (sem ser faculdade) e ela disse que para moda é mais questão de talento, você não precisa necessariamente ter concluído a faculdade :)
      Beijo!

      Excluir
  4. Não consigo ver sua boca torta hahaha a minha na real é torta, minhas pernas são tortas, mas isso é quem somos né rs. Eu acho costuma de forma geral algo tão lindo, delicado e que esvazia nossa mente de preocupações e tal, né? Fora que o orgulho de dizer: "eu que fiz", magina, muita alegria. ♡ xoxo, Blog B de Bia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como não moça, de um lado ta certinho e do outro tem um buraco onde os lábios deviam se encontrar, hahah Eu tinha uma foto que isso tava mais evidente mas gostei mais dessa. A tortice é o que faz a gente <3
      Siiiiim, fiz meu primeiro bordadinho, ta todo errado mas dá um orgulho danado :)
      Obrigada pelo comentário Bi, beijo!

      Excluir
  5. Ah, Bê, também adoro esse tipo de post notalgia que nos lembra da blogosfera antiga! Adorei conhecer um pouquinho sobre ti, eu também sou dessas que tem dois extremos, o "socorro, sou tímida demais pra falar alguma coisa" e o "hoje eu vou falar tanto que ninguém vai me aguentar" HAHA
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspo.com <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É tão bom esse momento nostalgia, né?
      Eu adoraria conseguir controlar isso, hahah
      Beijo!

      Excluir
  6. ahahahaha somos muito parecidas. No "sobre mim" do meu blog, eu comento sobre elevador. EU TENHO MEDO DAQUELE TROÇO DESPENCAR. Sério. E também não sou boa em conversar olhando nos olhos, dizem que isso é muito ruim, principalmente em entrevista de emprego. Mas é algo que venho trabalhando ao longo dos anos e estou melhorando, mas ainda n é 100%. Apesar que percebi que olho nos olhos de pessoas em que confio e tenho uma ligação extremamente forte, eu consigo conversar olhando nos olhos dos meus pais, irmã, namorado e ALGUMAS amigas. Como eu e meu namorado conversamos muitooo, consigo ficar muito tempo olhando nos olhos dele durante a conversa, eu deixo ele "enxergar minha alma".

    E MINHA BOCA TAMBÉM É T-O-R-T-A! Fazer oq?


    A pequena Ka

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Garota, nós somos gêmeas, hahah Eu cheguei a sonhar esses dias que tava caindo do elevador e foi DESESPERADOR!
      Verdade, eu me esforço bastante e hoje em dia estou quase 100%, converso olhando nos olhos de amigos, família e alguns conhecidos. Eu até sinto que quando conheço algumas pessoas eu me sinto mais confortável mas tem outras que parecem que me intimidam, não sei...
      Aceitar né, é o que resta, hahah

      Excluir
  7. Tenho medo de elevadores também! Mas o pior mesmo é descer de escada rolante, deixo todo mundo ir na minha frente primeiro enquanto crio coragem hahaha. Dependendo da pessoa e o assunto, eu também fico desconfortável em conversar olhando nos olhos, parece que a pessoa vai desvendar a minha alma :/

    Gostei bastante do seu post <3

    www.verifiqueapagina.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Escada rolante eu vou de boa, só não gosto muito quando é umas que são completamente abertas do lado e bem altas. Em alguns shoppings tem umas assim...
      Fico feliz que tenha gostado <3
      Beijo!

      Excluir
  8. Eu morro de saudades daquela blogosfera antiga :( às vezes até desanimo de continuar no blog hoje. Mas como encontro pessoas super queridas, acabo seguindo em frente.

    Ahhh super me identifiquei com essa questão de conversar olhando nos olhos. Acho muito difícil e me sinto invadida hahaha. Me deixa bem desconfortável, mas às vezes me forço porque tenho medo de a outra pensar que é falta de sinceridade da minha parte ficar tentando escapar dos olhos dela.

    ResponderExcluir
  9. Que post mais amorzinho, Bê! Amei te conhecer um pouquinho mais e tô pensando em fazer um desses, deixa? AUHEUA.
    Eu vi no fb quando tu passou na federal e fiquei felizona por ti! Espero que curta bastante o teu curso. Eu vi a pasta de bordados e que coisa mais fofaaaaa!
    E guria, eu nem reparei na "boca torta", juro. Eu não sei quais são os meus maiores medos - tirando os sentimentais. Preciso pensar sobre, hahaha.

    Beijos, quebrarosilencio.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  10. Ola!! Tbm sinto falta de blogs estilo antigamente (nem tão antigo assim haha).. Hj é tudo voltado pro marketing, e em ganhar dinheiro, bem chato! 😭
    Po, eu morro de medo de cair de elevador tbm, eh bizarro!! Hahaha

    Bjao

    ResponderExcluir