Resenha | Zac & Mia

28.7.17

Livro Zac & Mia de A. J. Betts
  Não sei se você tem isso, mas de vez em quando eu gosto de ler um livro sem saber absolutamente nada sobre ele. Gosto do mistério de ir descobrindo cada pequena coisa, que muitas vezes já saberíamos pela sinopse ou por resenhas. Foi isso que aconteceu com Zac & Mia. Fui ao sebo comprar alguns livros e apenas pela capa intrigante trouxe o livro para casa. Já adianto: não me arrependi.  

Sinopse: A última pessoa que Zac esperava encontrar em seu quarto de hospital era uma garota como Mia – bonita, irritante, mal-humorada e com um gosto musical duvidoso. No mundo real, ele nunca poderia ser amigo de uma pessoa como ela. Mas no hospital as regras são diferentes. Uma batida na parede do seu quarto se transforma em uma amizade surpreendente. Será que Mia precisa de Zac? Será que Zac precisa de Mia? Será que eles precisam tanto um do outro? Contada sob a perspectiva de ambos, Zac e Mia é a história tocante de dois adolescentes comuns em circunstâncias extraordinárias.  

"Confie em mim, penso. Confie em mim. Então ela se apoia em mim como se eu fosse o único amigo que restasse no mundo." 

Livro Zac & Mia de A. J. Betts aberto
 O livro é contado por duas perspectivas: a de Zac e a de Mia. Duas pessoas completamente diferentes mas que estão passando pelo mesmo processo. Isso mesmo que você pode estar imaginando, os personagens possuem câncer. Porém, não pense por algum momento que a doença é o foco do livro.
 Zac é um garoto de 17 anos que está internado, esperando para ir para casa depois de ter passado por um transplante de medula. Como ele não pode sair do quarto por enquanto, suas únicas companhias são a mãe - que adora jogar palavras-cruzadas - e seu notebook. Para passar o tempo, Zac se tornou muito interessado em números, por isso ele sabe que o transplante pelo qual acabou de passar lhe dá 55% de chances de viver. 

 Mia ainda está em fase de negação, e por isso tem brigas constantes com a mãe. Afinal ela é linda e popular na escola, não pode simplesmente ter câncer. Isso significa passar pelo tratamento, estar sempre no hospital, perder os cabelos... A garota tem um tipo de câncer diferente do de Zac, o dela é um osteossarcoma na perna e por isso tem 98% de chance de sobrevivência. O que não a deixa tão feliz quanto deveria. 

 Os dois começam a se conhecer quando Mia é colocada no quarto ao lado do de Zac. Normalmente ele não tem muita interação com seus vizinhos de quarto mas depois de horas ouvindo brigas de Mia com a mãe e músicas da Lady Gaga a todo volume ele começa uma estranha interação: tapas na parede. Depois os dois se adicionam no Facebook e começam a se conhecer melhor.

 ''Há tanta coisa que ela não compreende: que fica melhor, que não é culpa dos médicos. 'Não lute', eu quero dizer. 'Não puxe a alavanca da Saída de Emergência. Tome as pílulas e aproveite o passeio como der.' "

Capa do livro Zac & Mia de A. J. Betts
 Sendo bem honesta, no começo do livro eu achava a Mia um saco e me irritei com algumas atitudes dela. Mas aí eu parei e pensei ''Querida Betânia, alguma vez tu já passou por algo parecido? Tu sabe como é abrir mão de coisas importantes?'' Como a resposta era não, eu percebi que não fazia ideia se caso estivesse na posição da Mia não teria as mesmas reações. É aquela coisinha chamada empatia sendo colocada em prática. A realidade é que existem pessoas que vão precisar de mais tempo para aceitar a doença e o livro também é a sobre isso, aceitação e evolução.

 É um romance, que envolve jovens com câncer. Logo de cara você poderia pensar em A Culpa é das Estrelas, afinal foi o livro que mais trouxe visibilidade para o assunto. Mas Zac & Mia tem uma escrita e história tão linda que ao longo da leitura você está completamente mergulhada na história. Acho que o fato de se passar na Austrália também ajuda, quebrando aquele cenário quase sempre presente em nossas mentes: Estados Unidos.

 O livro é engraçado, intenso e conta sobre uma amizade. Zac & Mia é daqueles livros em que na última página dá uma sensação gostosa no coração. Com certeza foi uma das melhores leituras de 2017 por enquanto :)

"Nos últimos cinco minutos não existiam máquinas ou remédios ou leucemia. Havia apenas duas pessoas com uma linha telefônica entre elas. Eu queria fazer Mia se sentir melhor. Não esperava que eu também fosse me sentir melhor." 

 Conhecia o livro? Já leu ou quer ler? O que achou da resenha? Deixa um comentário com sua opinião, eu vou adorar <3

Você poderá gostar de

24 comentários

  1. Oi Betania.
    Eu costumava ler muitos livros a cegas.Principalmente quando eu não tinha o blog.
    Por mais estranho que seja ,antes de entrar de cabeça na blogsfera eu nunca havia lido uma resenha ,os livros que eu lia escolhia de forma totalmente aleatoria.
    Agora faz um bom tempo que não faço isso...
    Ainda não havia ouvido falar desse livro mas achei bem interessante.Parece tratar esse assunto com mais leveza.
    Vou conferir se tiver oportunidade

    Beijos
    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Babi.
      Sim, isso acontecia comigo também. Mas agora, como gosto muito de blogs literários é mais difícil isso acontecer. Por isso eu aproveito ás vezes quando me deparo com um livro que não conheço para relembrar como era, hahahh
      Espero que goste, caso leia. Beijo!

      Excluir
  2. Eu amei as frases que você escolheu!

    https://juliamodelodemodelo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São tão lindas, né? O livro tem frases ótimas mesmo.
      Beijo!

      Excluir
  3. ja pela capa me chamou bastante atençao, gostei mt da resenha e de conhecer esse livro

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa é maravilhosa mesmo. Fico super feliz que tenha gostado Lívia :)
      Beijo!

      Excluir
  4. Oi Bet!

    Ainda não tinha ouvido falar desse livro, e logo que tu disse sobre o que era pensei em A Culpa é das estrelas mesmo hahaha é impossível a gente não relacionar. Porém, esse livro parece ter uma história bem diferente.

    Assim como a moça do comentário acima, eu sempre costumava comprar livro às cegas. Com internet hoje disponível o tempo todo, a gente quase sempre acaba procurando uma resenha antes de comprar.. mas é bom arriscar e encontrar uma leitura boa sem esperar nada!

    Gostei muito da resenha e fiquei com vontade de ler o livro, vou dar uma olhada por aqui =)

    Beijão <3

    Letras na Gaveta

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mari :]
      Acho que é instantâneo, né? hahahah
      Verdade. Até porque muitos blogs bacanas são apenas literários então é um conteúdo que agente bastante.
      Fico super feliz que tenha gostado da resenha, muito obrigada pelo comentário <3
      Beijo!

      Excluir
  5. Adorei a capa e fiquei curiosa para testar também. Xeruh!!!

    www.kleidenaira.com.br

    ResponderExcluir
  6. Não conhecia o livro e adorei a resenha. Gostei da sinceridade sobre a "adaptação" à personagem Mia, que você não gostou no início. Fiquei curiosa. AH, desculpa perguntar, você comprou no sebo, né? Quanto custou por lá?
    Blog Criativíssimo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado Sâmia :)
      Paguei R$24,90. Não é um preço muito barato mas o sebo que comprei não é dos mais baratos mesmos, e ele também está em ótimo estado, por isso mais altinho o preço.
      Beijo!

      Excluir
  7. Ao ler a sinopse, de cara, associei com A Culpa é das Estrelas. Gostei muito da sua resenha e fiquei super interessada pela história! Amo histórias contadas por vários pontos de vistas! Beijão!
    Cheiro de Pipoca

    ResponderExcluir
  8. Nunca ouvi falar desse livro, ele tem cara de que vai me fazer chorar horrores. Gostei da indicação, vou comprar para a minha próxima leitura

    ResponderExcluir
  9. Oi, Betânia!
    Confesso que fujo de sick lit, livros com doenças, porque fico um tanto deprimida...rs... Ainda evito A Culpa é das Estrelas...rs.
    Foi a primeira resenha que li sobre esse livro é melhor lembrou um pouco a série de tv Red Band Society que é muuuuuto boa por sinal e também se passa em um hospital na perspectiva de jovens doentes. Acho que vc irá gostar também.
    Beijos!
    Gatita&Cia.

    ResponderExcluir
  10. Eu nunca tinha ouvido falar nesse livro e depois da sua resenha tô mais curiosa ainda! A história deve ser daquelas bem gostosas de acompanhar 💜

    ResponderExcluir
  11. De vez em quando também faço isso de escolher um livro aleatoriamente, só pela capa e aquela "passada de olhos" na sinopse. Lendo a sua resenha logo pensei em "Se eu ficar" e dei uma risadinha quando vi as sugestões de posts. Gostei da maneira que você descreveu a obra, mas acho que não é o que eu estou procurando no momento...

    Beijos,
    Ju
    http://madamebr.com

    ResponderExcluir
  12. Bê, eu também adoro ler livros sem saber nadica sobre eles! O último que fiz resenha lá no blog foi uma situação parecida, comprei sem nem saber sobre o que tratava haha. É maravilhoso quando fazemos algo assim e nos surpreendemos de maneira positiva, né? Eu ainda não conhecia esse, mas já gostei logo de cara e depois de ler a resenha gostei mais ainda, já quero ler!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  13. Nossa que lindo! Lembra um tiquitinho do a Culpa é das Estrelas, admito que tenho sérios problemas com a temática por ter vivido isso com meu pai, mas parece bem interessante e lindíssima sua resenha.

    Beijos
    La Rosa Blanca

    ResponderExcluir
  14. Já me apaixonei assim que li a frase "confie em mim..." 😍
    O engraçado é que deixamos de ler tantos livros bons só por não reparar a capa.
    Nunca comprei em um devo. Vou correr atrás desse livro 💜

    ResponderExcluir
  15. Oi Betania!
    Tem bastante tempo que não leio algum livro que não seja da faculdade. E confesso ter ainda esse receio de ler as cegas. Mas sua resenha com certeza abriu minha mente para essas descobertas. Amei o texto, fiquei curiosa para saber mais do livro, e já vou procurar para ler.
    Obrigada flor, adoro seu blog <3

    ResponderExcluir
  16. Oiii, tudo bem?
    Que livro mais bonito, *-*
    E o seu blog então, eu amei!
    Sucesso, ♥

    ResponderExcluir
  17. Primeiramente: "Eu gosto de ler um livro sem saber absolutamente nada sobre ele", faço das tuas, as minhas palavras. hahaha <3
    Eu me apaixonei pelo A Culpa é das Estrelas.. imagina esse então, que as palavras são mais bonitas. Vou por aqui na minha wishlist! hihihi
    Adorei a resenha, amada!
    Beeeijos, By Morgana PZK

    ResponderExcluir
  18. Simplesmente não posso com histórias assim, mais um pra minha lista interminável de desejos literários!!

    ResponderExcluir
  19. Sou EXATAMENTE como você! Quase sempre não leio sinopse nem procuro resenha haha A resenha tá maravilhosa, ainda não li, mas me deixou com muita vontade de ler. <3
    beijos
    www.enfim-resolvido.com

    ResponderExcluir